Carrinho 0

Era Vitoriana: as joias e seus simbolismos

era vitoriana

A Era Vitoriana foi o período no qual a Rainha Vitória reinou sobre a Inglaterra, no século XIX, durante 63 anos, de junho de 1837 a janeiro de 1901. O período foi marcado por significativo crescimento demográfico da Inglaterra, amplo crescimento e desenvolvimento da burguesia industrial e comercial e a supremacia política e econômica britânica no cenário mundial.

Vitória tornou-se Rainha da Inglaterra aos 18 anos. Tudo que ela usava virava tendência. Com as joias, não foi diferente.

As joias do período

A maioria das joias do período vitoriano eram fabricadas à mão. Elas geralmente eram vistas como propriedades mágicas e com significados especiais. Em 1840, por exemplo, Vitória casou-se com Albert e o anel de noivado era uma serpente com uma cabeça de esmeralda. As serpentes eram usadas como símbolo da sabedoria, amor e eternidade.

O vestido de casamento de Vitória foi decorado com rendas feitas à mão e adornado com um broche de safira e diamantes. A rainha deu a cada uma de suas madrinhas um broche de um pássaro descansando em duas grandes pérolas. O corpo do pássaro era incrustado de turquesa com olhos de rubis e um diamante no bico.

O mundo natural, inspirado nos estilos da Renascença e Idade Média, eram temas comuns nas joias vitorianas: buquês de flores, ramos, folhas, uvas e morangos estavam na moda. 

joia vitoriana

Os metais mais populares da época eram o ouro e a prata. As pedras mais populares desse período eram o diamante, a ametista, topázio rosa e dourado, turquesa, coral, granada, rubi e pérolas.

Assim como na Era Vitoriana, as joias na Maria Eulália não são apenas objetos decorativos, mas um veículo para expressar sentimentos.

Na nova coleção, usamos alguns dos símbolos populares deste período, como a lua crescente, que significa recomeços, e as estrelas, que ajudam a guiar pelos melhores caminhos.

Aguarde, em dezembro tem lançamento da nova coleção!

Crédito das fotos: Divulgação


Postagem anterior Postagem seguinte