Carrinho 0

História de amor!

casamento design jóias maria eulalia metais preciosos noivado ouro solitário

O Anel Solitário é hoje uma tradição quando se trata de noivado e casamento, mas esta história começou há muito tempo! Em 1477, o arquiduque Maximiliano, da Áustria, mandou que procurassem o diamante mais puro - independente do seu tamanho - para que fosse feito um anel simples e liso, com essa única gema cravada. Nasceu, assim, o Anel Solitário.

Ele presenteou sua noiva, Maria de Borgonha, no dia de seu noivado, colocando o anel no dedo anelar da mão esquerda de sua amada, reafirmando a antiga tradição egípcia de que a vena amoris (veia do amor) corria diretamente do dedo anular para o coração, garantindo que o amor seja único, puro e eterno, como o diamante cravado no anel. Já queremos um!!!


Postagem anterior Postagem seguinte