Carrinho 0

Aqui, tudo que reluz é ouro!

design joias maria eulalia metais preciosos ouro ouro nobre

Sabia que o ouro, este metal de transição brilhante, amarelo, denso, maleável, principal matéria-prima da joalheria, tem algumas particularidades? São características que o tornam mais interessante. Uma delas é que ele, em sua forma pura, é muito mole e não funciona para ser modelado.

O que acontece então?

Faz-se uma mistura com outros metais nobres mais duros, como prata, cobre ou paládio, sendo possível, então, modelar o ouro. A partir daí surgiu o que conhecemos por ouro 18K, 14K ou 9K. Quando esta mistura tem 75% de ouro e 25% de outro metal, determinamos que é 18 quilates, e quanto menos ouro nesta combinação, mais baixo o quilate.

Outra informação interessante, é que esta liga de metais determinará a tonalidade do ouro: ouro branco, ouro amarelo, ouro rose, ouro nobre e até ouro verde. Por exemplo: o cobre tem um tom meio rosado, deixando o ouro rosa, já a prata e o paládio, que tem tons "brancos", clareiam o ouro amarelo, misturados formam o ouro branco.

O Ouro Nobre 18K é o tom escolhido pela Maria Eulália para a criação de suas joias. Sua tonalidade é mais viva que o ouro branco, porém mais discreta que o ouro amarelo, deixando a joia mais versátil. Além disso, ele traz um ar antigo para as peças, o que ajuda a traduzir as inspirações do passado para as peças e coleções.

Compare as tonalidades e escolha a sua preferida!

aneis

Postagem seguinte