• Maria Eul√°lia

  • Design √ļnico

  • Hist√≥rias que inspiram

1 de 3

Fernanda Camino, fundadora e diretora de criação da Maria Eulália, sempre teve fascínio pelos segredos e particularidades da joalheria - mundo ao qual foi apresentada por sua avó, Maria Eulália, uma renomada joalheira e profunda conhecedora de pedras preciosas.

Em função disso, Fernanda cresceu cercada por diamantes, pérolas e outras preciosidades. A beleza particular de cada pedra e a riqueza dos detalhes das peças alimentaram uma grande curiosidade sobre a história de cada joia.

Foi em Floren√ßa, onde Fernanda estudou design de joias, que a marca Maria Eul√°lia come√ßou a ser criada - para ser fundada oficialmente em abril de 2015. Inspirada no contraste entre o Novo e o Velho Mundo, a designer explorou as diversas linhas de arte para criar joias atuais com tra√ßos de outros tempos, que real√ßam a beleza particular de cada mulher com eleg√Ęncia e glamour atemporal.

O conceito de arte Rom√Ęntica - principal movimento art√≠stico do s√©culo XIX, nas palavras de Baudelaire, - descreve de modo perfeito o senso est√©tico das cria√ß√Ķes da marca Maria Eul√°lia. ‚ÄúO Romantismo n√£o se encontra nem na escolha dos temas nem na sua verdade objetiva, mas no modo de sentir. Para mim, o romantismo √© a express√£o mais recente e atual da beleza. E quem fala de romantismo fala de arte moderna, de intimidade, espiritualidade, cor e tend√™ncia ao infinito‚Ķ‚ÄĚ.

As joias Maria Eul√°lia s√£o verdadeiras express√Ķes atuais da beleza. Suas cria√ß√Ķes √ļnicas n√£o se definem inteiramente nas escolhas dos temas das cole√ß√Ķes, mas encantam pelo poder que cada pe√ßa tem de emocionar e cativar.

1 de 4